OS DÓLARES DO

TRABALHO REMOTO

Popularizado pela pandemia, o home office mostrou que é possível 
cortar custos sem perder a produtividade. Mas nenhuma empresa se deu 
tão bem quanto a startup argentina que virou unicórnio

Não é de hoje que a argentina Silvina Moschini é uma mulher de sucesso. Ela se preparou para isso com graduações e pós-graduações em marketing e comunicação — em universidades da Argentina, Estados Unidos e Itália —, e desde 1998, quando se mudou de Buenos Aires para Miami para liderar a equipe de relações públicas para a América Latina da marca de computadores Compaq, nunca mais deixou de acumular responsabilidades e conquistas profissionais. Em 2001 foi cuidar da comunicação corporativa do portal de negócios Patagon, no ano seguinte ocupou a mesma posição na Visa e em 2003 decidiu que estava na hora de usar seu talento em um negócio próprio. 

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png