NEGWix_176_9.jpg
Loft

“NOSSA RECEITA FOI INVESTIR EM DADOS REAIS E TECNOLOGIA”

A empresa que revolucionou o mercado imobiliário brasileiro levou apenas 16 meses para virar unicórnio

O húngaro Mate Pencz e o alemão Florian Hagenbuch se conheceram ocasionalmente em 2008 durante um estágio num grande banco e perceberam que compartilhavam o mesmo sonho de empreender em algo novo e desafiador.
A primeira tacada de sucesso foi a Printi, uma plataforma online de serviços de impressão via internet. Saíram em 2016, turbinados com o aporte de R$ 60 milhões da americana Vistaprint, e criaram a Loft em 2018, com a mesma proposta de usar a tecnologia para ganhar escala, agora no ramo imobiliário.
Na pandemia, sofreram com a retração do mercado e reagiram abrindo a plataforma para anúncios de terceiros. Deu certo. No começo de 2020 a Loft possuía 300 apartamentos na plataforma. Em um ano, passou para 10 mil. Atualmente, tem 25 mil apartamentos em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
Nessa escalada, a Loft adquiriu a CredPago, com mais de 123 mil contratos, que somam R$ 40 bilhões em ativos sob gestão, e a CrediHome, gerando mais de R$ 7 bilhões de financiamento imobiliário. A empresa se tornou unicórnio em tempo recorde, apenas 16 meses após a fundação. Na entrevista abaixo, Mate conta como tudo aconteceu.

GloboMais.jpg

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png