SEM MEDO DE APPS E MAQUININHAS

Pesquisa mostra brasileiros ao lado de chineses como os mais abertos a inovações bancárias

studo da consultoria Accenture com 47.810 pessoas em 27 países — entre elas, 2 mil do Brasil — mostra que os correntistas brasileiros estão entre os “pioneiros”, povos que correm para usar novas tecnologias ao movimentar dinheiro. “O brasileiro é do tipo que gosta de experimentar novidades”, resume Joana Henklein, diretora de estratégia e consultoria em serviços financeiros da Accenture. Uma posição cautelosa não significa atraso — entre os países mais “céticos” aparecem potências tecnológicas como França, Japão e Israel. No Japão, só 7% dos entrevistados dizem fazer uso das novas tecnologias bancárias, ante 43% no Brasil. 

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png