LONGE DO IDEAL

Como as empresas brasileiras estão preparadas para cumprir a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

A forma como cada empresa faz a gestão das informações pessoais de clientes, fornecedores e colaboradores demonstra sua maturidade como organização. Quando se trata de se adequar às regras da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), as grandes companhias estão mais bem preparadas. “Estima-se que muitas das pequenas e médias desconheçam a lei”, diz Yanis Stoyannis, especialista em inovação e cibersegurança da Embratel. “Percebemos que havia uma lacuna nesse universo para fazer a avaliação de segurança dos seus dados, mas o preço da consultoria convencional era proibitivo para elas”, diz. Foi assim que nasceu o serviço de consultoria Quick Assessment LGPD. A assessoria identifica os principais gargalos das organizações a partir da análise do ciclo de vida dos dados pessoais.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png