FIM DA LINHA

Líderes empresariais proeminentes costumam sofrer mais quando uma acusação se transforma em escândalo, mostram professores da HEC paris Business School e Universidade de Michigan

Geralmente, quando denúncias contra executivos ou grandes corporações se avolumam e ganham ares de escândalo, a punição tende a acontecer nas mesmas proporções. O professor Yasir Dewan, da HEC Paris Business School, e Michael Jensen, da Universidade de Michigan, decidiram estudar por que os processos contra os poderosos são mais ágeis e têm penas mais duras.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png