É BOM, MAS PODERIA SER MELHOR

A consultoria GPTW premia as 70 melhores empresas para a mulher trabalhar no Brasil

A seleção com as melhores empresas para a mulher trabalhar mostra inegáveis avanços na pauta feminina. Mas também deixa claro que ainda há um longo caminho rumo à igualdade no ambiente corporativo. A parte boa é que todo ano aumenta a tropa de elite das organizações que adotam boas práticas para tratar a questão da diversidade de gênero no Brasil. A 4ª edição do ranking Mulher do Great Place to Work (GPTW 2020) reúne 70 empresas como as melhores para as mulheres trabalharem, sendo 35 médias e a outra metade grandes organizações. Há um avanço claro na força de trabalho. Pelo perfil dos funcionários das empresas premiadas, há até mais mulheres (52%) do que homens, de maneira geral. Essa quase igualdade de gênero muda conforme se sobe na hierarquia.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png