“NÃO VEJO OUTRA APOSTA A FAZER”

Para o empresário Guilherme Leal, construir um modelo de negócios sustentável para as empresas e para o país não é simples — mas o resultado compensa

Aos 71 anos, o empresário paulista Guilherme Leal dedicou as últimas três décadas a uma jornada pelo desenvolvimento sustentável. Ele foi pioneiro ao imprimir na Natura, da qual é cofundador e copresidente do Conselho de Administração, valores em defesa do meio ambiente ainda nos anos 1990. A companhia é carbono neutro desde 2007 e criou um programa para direcionar investimentos para a Amazônia em 2011. 
A sua atuação nessa área vai muito além da companhia, hoje com atuação global com as marcas The Body Shop e Avon. Leal é um idealista que gosta da ação. Na frente das mudanças climáticas, suas principais atividades se concentram no Instituto Arapyaú, uma rede de filantropia que identifica oportunidades e direciona recursos financeiros e estratégicos para projetos relacionados a mudanças climáticas, uso sustentável da terra, inovação em gestão pública e transformação das cidades. Também esteve envolvido na criação do movimento Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura, que reúne representantes da academia e de diversos setores em busca de propostas concretas para uma economia de baixo carbono. A Época NEGÓCIOS, o empresário deu a seguinte entrevista por e-mail.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png