BEM-VINDOS AO CHILECON VALLEY

Com as condições ideais para observar o espaço, o chile se firma como principal centro astronômico do mundo e atrai big techs, como Google e Amazon

O deserto do Atacama é a região não polar mais seca do planeta Terra. Durante 500 anos, não houve um único registro de chuva significativa (até a ocorrência de duas tempestades, em 2015 e 2017). Perto da Cordilheira dos Andes, a mais de 2,6 mil metros de altitude, o ar é rarefeito, difícil de respirar. A temperatura é desgastante: do dia para a noite, o termômetro varia mais de 20 graus. Essa terra tão inóspita está se revelando um presente da natureza para o Chile. O céu cristalino, livre de nuvens 90% do ano, atraiu para uma área de apenas 2 mil quilômetros quadrados (30% maior que a cidade de São Paulo) 40% dos telescópios ópticos e infravermelhos de grande porte do mundo. A participação chegará a 70% em 2025, com tendência de aumentar ainda mais no futuro. A observação espacial tornou-se estratégica para os gigantes mundiais da tecnologia e para o Chilecon Valley — como é chamada a cena das startups chilenas.
Três dos quatro maiores telescópios do mundo estão em construção no Chile. Previsto para 2021, o Large Synoptic Survey Telescope (LSST), com parceiros como Nasa, Google e centros de pesquisa brasileiros, terá a maior câmera digital da história, com resolução de 3,2 gigapixels. Esperado para 2023, o Giant Magellan Telescope (GMT), com sete espelhos de oito metros de diâmetro, será o maior telescópio óptico do mundo — pelo menos até 2025, data da primeira luz do Extremely Large Telescope (ELT). Construído pelo consórcio europeu European Southern Observatory (ESO), tem espelho principal de 39,3 metros de diâmetro. O investimento total em observatórios no Chile deve alcançar US$ 6 bilhões.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png