5 TENDÊNCIAS PARA A FILANTROPIA NO MUNDO PÓS-PANDEMIA

O que acontecerá com esse imenso movimento de solidariedade quando a emergência da

COVID-19 passar? 

No momento em que esse texto é escrito, as doações no Brasil para combater o novo coronavírus e seus efeitos beiram R$ 4 bilhões. É um feito único e histórico para a filantropia no país: apenas entre março e abril, arrecadou-se mais do que em 2019 inteiro. Segundo a contabilidade da ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recursos, que acompanha os valores no site www.monitordasdoacoes.org), centenas de empresas e ao menos 170 mil pessoas físicas doaram dinheiro a instituições e campanhas para mitigar os efeitos da crise — e isso sem contar as contribuições em produtos, materiais, serviços e trabalho voluntário.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição, acesse a Época Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
NovoLogoEpocaNegociosMar2016_Branco.png